Sobre


Associe-se


Índice


Notícias

Semtitulo3

Volpistas se encontram para homenagear Domingos Giobbi

Domingos Giobbi foi um homem plural. Doutor em engenharia, construiu hidrelétricas por todo o Brasil. Era obstinado por esporte: ganhou todas as regatas nacionais de vela oceânica de sua época, foi montanhista e introdutor dos esportes de neve no País. Tinha talento também na música, tocava diversos instrumentos. Entusiasta e grande conhecedor de arte contemporânea, não escondia sua predileção por um dos principais pintores brasileiros: Alfredo Volpi.

Domingos Giobbi

Na noite dessa terça-feira (18/02), o MAC USP abriu as portas de sua nova sede para render merecida homenagem a Domingos Giobbi por meio de realização de sessão solene do Instituto Volpi. Recebidos pelo diretor do MAC, Tadeu Chiarelli, e por Roberta Matarazzo, presidente da AAMAC, os integrantes da diretoria entidade relembraram a importância de Giobbi no campo das artes e sua próxima relação de amizade com Volpi.

“Fico muito emocionado e honrado por este reconhecimento à figura de meu pai. Tenho certeza que ele também está, e digo isso no presente, muito emocionado com esta homenagem”, disse Cesar Giobbi, que representou a família durante a cerimônia que nomeou Domingos Giobbi como presidente de Honra do Conselho (in memoriam).

Volpi e o MAC USP

Durante a cerimônia, os condutores da sessão solene fizeram questão de ressaltar a importância do MAC USP na preservação viva da memória de Alfredo Volpi.

Com especial emoção, vejo no novo MAC todas as condições em manter viva a obra deste grande artista. Não só pela sua nova sede, imensamente bela, mas pelo cuidado e velar acadêmico que é inerente a este Museu, Roberta Matarazzo, presidente da AAMAC.

“É impossível deixar de passar a oportunidade de destacar a presença de Alfredo Volpi em nosso acervo. Temos 21 obras do artista, o que enriquece muito nosso museu”, Tadeu Chiarelli, diretor do MAC USP.

“Como representante da USP, universidade detentora de um acervo quase que único entre as universidades mundiais, acho importante que um museu como o MAC tenha o vigor propecia online de realizar iniciativas como esta de hoje no campo das artes. O MAC tem honrado esse patrimônio”, Maria Arminda Nascimento Arruda Pró-Reitora da USP.

“Tenho certeza de que o MAC USP será a casa da memória de Alfredo Volpi. A homenagem que fazemos à memória de Domingos Giobbi muito nos deixa emocionados. A semente da admiração estética que Giobbi dedicava à obra de Volpi germinou uma amizade, um afeto extraordinário. Os laços afetivos que os uniram eram incríveis. Há 25 anos Volpi partiu para a apoteose e consagração históricas; há poucas semanas Giobbi foi encontrar o artista. Onde? No coração de todos nós”, Marco Antonio França Mastrobuono, presidente do Instituto Volpi.

“O Instituto Volpi tem a função de preservar o artista. E essa parceria com o MAC USP é importantíssima nesse objetivo”, Peter Cohn, vice presidente do Instituto Volpi.

Visita ao museu

Após o término da sessão solene, os participantes foram guiados pelo diretor do MAC USP, Tadeu Chiarelli, em uma visita à exposição “Os Volpis do MAC”, onde puderam conferir as 21 obras do artista em exposição. Em seguida, puderam apreciar ainda o trabalho de outro grande artista brasileiro em exposição no museu, José Antonio da Silva.

Créditos: Paulo Freitas – Glamurama

Para encerrar a noite, os participantes do evento subiram ao oitavo andar do museu para apreciar o belo pôr do sol e contemplar a vista da cidade de São Paulo.

Créditos: Paulo Freitas – Glamurama

tweet curtir +1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Calendário


Imprensa



Contato